Intelectuais Negras: Escritas de si

 

E se as histórias do mundo fossem contadas a partir dos pontos de vista de mulheres negras?

Intelectuais Negras e escritas de si é um projeto que consiste na realização de seminários nacionais e internacionais homônimos. A primeira edição ocorreu em 2016 na UFRJ, confirmando a potência desse espaço ativista acadêmico que objetiva conferir visibilidade ao protagonismo de mulheres negras na história do Brasil.

A programação, comprometida com o enfrentamento ao racismo, ao machismo e à transfobia, é inspirada a partir de três eixos, que norteiam as rodas de conversa e as demais atividades do evento. São eles: racialização do cuidado, movimentos sociais e protagonismo acadêmico.

Na perspectiva do falar de nós para nós mesmas, o seminário contou com a participação de vinte e oito Intelectuais Negras de diversas áreas de atuação, que juntas trouxeram para primeiro plano as relações entre subjetividades raciais, de gênero, sexualidade e produção de conhecimento científico.

Intelectuais Negras: escritas de si, um espaço de pesquisa ativista comprometido com a visibilização da autoria de Mulheres Negras e com o reconhecimento das relações entre subjetividades raciais, de gênero, sexualidade e produção de conhecimento científico.

 

“Você pode substituir Mulheres Negras como objetos de estudos por Mulheres Negras contando as suas próprias histórias”.

IMG_0059