curso intelectuais negras

O objetivo desta plataforma é promover a veiculação e divulgação de trabalhos artísticos, audiovisuais e intelectuais produzidos na disciplina “Intelectuais Negras: saberes transgressores, "escritas de si" e práticas educativas de mulheres negras", oferecida pela Profa. Dra. Giovana Xavier, feminista negra interseccional e docente da Faculdade de Educação da UFRJ.

 

Propõe-se, também, que este seja um espaço de acesso a conteúdos diversos de e sobre mulheres negras, trabalhados em sala ou não. 

Inspiradas pela perspectiva da "pesquisa ativista", apostamos nas articulações entre academia, escola e movimentos sociais, como potencializadoras da afirmação e autonomia de nossas muitas primeiras pessoas. 

 

Auto-reivindicamos o lugar de "intelectuais negras", em respeito e reconhecimento aos saberes que temos produzido ao longo da história em diversos campos e não somente na academia. 

O CURSO

A partir das afetações geradas pelas falas recorrentes de estudantes universitários sobre o completo desconhecimento de autoras negras, em 2015, a Profa. Dra. Giovana Xavier submeteu ao colegiado da Faculdade de Educação da UFRJ a disciplina Intelectuais Negras. Uma vez aprovado, o curso tem se configurado em um potente espaço de transgressões curriculares baseadas na perspectiva política do aquilombamento acadêmico.

Conhecimentos orais e escritos de mulheres negras. Histórias, práticas e nuances dos feminismos negros (cis e transgêneros) e seus sujeitos no Brasil, na América Latina e no continente africano.

 

Práticas educativas emancipatórias, relações de gênero e antirracismo. Pensamento feminista negro e reeducação das relações étnico-raciais em contextos escolares. Pesquisa ativista e a construção de narrativas na primeira pessoa (“escritas de si”). Diálogos horizontais entre produção escolar, acadêmica e militante.

 

As relações entre subjetividade (saberes localizados) e conhecimento científico. O trabalho com gêneros literários diferenciados em sala de aula (livros e artigos, entrevistas, romances, poesias, letras de música, documentários). Os conceitos de intelectual negra e interseccionalidade.

EMENTA

objetivos gerais

Relacionar teorias feministas negras e práticas pedagógicas na formação docente inicial.

Identificar e questionar desigualdades interseccionais (raça, gênero, sexualidade, classe, geração etc.) em currículos e espaços múltiplos (escolas, universidades, movimentos sociais).

Conhecer biografias e escritos de mulheres negras com diferentes inserções profissionais.Reconhecer as subjetividades políticas como produtoras de conhecimentos científicos.

Produzir materiais didáticos e intervenções político-pedagógicas calcadas na perspectiva das “escritas de si” e dos feminismos negros e interseccionais.

programa    do   curso

LITERATURA
LITERATURA
ARTES
ARTES
RENASCIMENTO

baixe  o

programa

2019.1
2019.2

vídeos